quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Tarte de Figo com Amêndoa




Tem sido difícil controlar-me para não comer os figos e deixá-los para fazer algumas receitas. Mas eles sozinhos já são tão bons...tão doces.  
Ainda assim, consegui guardar uns quantos para fazer esta tarte. 
Os figos são um fruto doce, por isso, tento sempre misturá-los com outro ingrediente mais amargo. Na compota, misturei com nozes e hoje decidi misturá-los com amêndoas aromatizadas com raspa de limão. 
A base é de massa quebrada. Compro muitas vezes a massa já feita, fresca ou congelada, para facilitar a receita e torná-la mais rápida. Quem nunca o fez? 
Mas há dias em que sabe bem fazer tudo de raíz. E quando temos tempo para isso, vale mesmo a pena. 
Com esta receita terminaram os figos da cesta. Mas a figueira, continua cheia de frutos teimosos, que não querem crescer. Por este andar, vou ter figos no Natal. 
Será do tempo característico dos Açores?




50 min | Moderado

Massa Quebrada
400g farinha
200g manteiga
100g açúcar em pó
1 ovo
1/4 de colher de chá de sal

Recheio 
50g manteiga
150g miolo de amêndoa ralada
Figos frescos pingo de mel
Raspa de 1 limão

Peneire a farinha, deite-a num monte sobre a bancada e faça uma cova no meio. Junte a manteiga cortada em cubos, o açúcar, o ovo e o sal. Com as pontas dos dedos vá misturando os ingredientes até ficarem com um aspecto granulado. Depois, amasse tudo com as mãos, desfazendo o granulado e formando uma bola totalmente lisa. 
Envolva a massa em película e leve ao frigorífico enquanto prepara o recheio. 
Leve ao lume uma panela com a manteiga e a raspa de limão. Depois de ter a manteiga derretida, junte o miolo de amêndoa e deixe cozinhar durante 3 minutos. Reserve. 
Lave os figos, retire o pé, e corte-os em rodelas finas.
Unte e polvilhe com farinha 8 mini tarteiras. Retire a massa do frio e estenda-a com a ajuda de um rolo. Forre as tarteiras com a massa e recheie com o creme de amêndoa. Coloque as rodelas de figo por cima do recheio. 
Leve ao forno a 200ºC durante 30 minutos.